Greve De Professores Em Minas Gerais

Greve De Professores Em Minas Gerais

Ao ver o vídeo abaixo, lembrei-me de quando fui professor em Escola Pública, em Uberlândia, Minas Gerais. Lembrei, também, de um outro tempo anterior, em 1979, enquanto aluno de escola pública, presenciei um movimento grevista muito forte dos professores de Minas.

Publico aqui no Blog esse vídeo, na intenção de saudar os professores da Rede estadual de Minas Gerais, apoiando-os pela luta digna de um salário decente e justo ao profissional da Educação.

About these ads
Esse post foi publicado em Gerais, greve, Minas, Púlpito, professores. Bookmark o link permanente.

175 respostas para Greve De Professores Em Minas Gerais

  1. César Pedroso disse:

    Vamos animar minha gente!!!!!!
    A luta está agora só começando…
    César

  2. ana maria souza pinto disse:

    marina deveria fica com leo pois pedro é assasino e deve passar o resto das suas vidas numa penitenciaria natalie vai virar batedeira de boquete para ganhar uns trocados esssa novela foi horrivel por que as novelas tem que ter so sexo explicido como aquela das 11:00 O ASTRO….aquela é boa demais só…… bom por hoje é só mas nao percam essa novela otima que é INSENSATO CORAÇAO BJS da suas bloqueiras

  3. Wolney disse:

    Caros Leitores,

    O presente post foi publicado neste blog com a intenção de fertilizar o debate sobre a greve, mas não para servir de palco de agressões. Gostaria de solicitar que respeitassem os leitores e produzissem um debate no campo das ideias.

    Atenciosamente,

    Wolney Honório Filho
    Editor do Blog

  4. César Pedroso disse:

    Concordo em grau, gênero e número…
    E a Greve vai continuar: enquanto a negociação não acontece, a greve aumenta e aquece…nunca fenece; pois bem, escutem o grito ecoar daqui dessas minas gerais, …PELA IMPLEMENTAÇÃO JÁ…DO PISO NACIONAL da EDUCAÇÃO NO PAÍS…
    OU PAGA O PISO…OU PAGA O PISO…

  5. Dulcinéa França disse:

    Caros colegas, caro Vésar,
    por motivos operacionais estive sem podeer postar meus comentários ainda nesse blog. Mas aqui estou e, hoje, de maneira especial, para mostrar minha indignação ainda maior com esse (des)governo que vem tentando manobras das mais diversas e absurdas com a finalidade de desmoralizar nossa classe perante a sociedade e também causar a desmobilização entre nossos colegas. Mas o que vi nessa última assembleia foi uma adesão ainda maior de colegas de todas as regiões de nosso estado.
    Agora, pasmem depois de ler, quero relatar um fato que aocnteceu comigo ontem,. e que me causou grande revolta. Sem desmerecer a profissão da pessoa, ontem, uma faxineira apresentou-se para tomar “posse” de minhas aulas, uma vez que sou professora de 3º ano do Ensino Médio, e quando questionada sobre o motivo pelo qual fazia isso, disse “toda poderosa” quue queria adquirir experiência, Tenho contado isso aos alunos com os quais encontro e a indignação deles em relação ao governo só aumenta. Ela só não pegou as aulas porque é faxineira no hotel o dia inteiro. Porém, mais tarde, minhas aulas foram parar nas mãos de uma recem formada, a quem, EDUCADAMENTE, dirigi duras palavras, faklando sobre ética, cidadania e outras coisas que nós, que somos de luta, não podemos deixar de falar. Pensei que a dita nem retornaria à escola hoje, mas para meu espantop, passou a manha toda tomando soil no pátio da escola porque meus alunos se recusam a assistir aulas que não sejam dadas por mim. É essa, companheiros, a preocupação desse Ditador com a educação. Hoje é possível contratar pessoas até com o CAT vencido. Esse é o governo das arbitrariedades e é por isso que devemos seguir FIRMES até a vitória, até conseguirmos arrancar desse senhor o nosso PISO, que é LEGAL. Não podemos esmorecer, a hora é de firmarmos mais em nossa luta e trazer aqueles que ainda insistem em permanecer dentro das salas de aula. Esses colegas que estão trabalhando são covardes e esses que estãopegando as aulas nas escolas são CAPACHOS do governo.
    SIGAMOS EM FRENTE, NOSSA LUTA É LEGAL, JUSTA E DIGNAS. VAMOS NOS MANTER FIRMES E UNIDOS ATE A VITORIA.
    UM ABRAÇO A TODOS E ABAIXO ANESTESIA!!!!!!!!!!!
    (Ele anestesia nossa vontade de trabalhar, nossa conta bancária, mas não anestesia nossa vontade de lutar).
    Até breve!

  6. César Pedroso disse:

    ORA!!!ORA!!!Grande Dulcinea “não del Teboso”, mas aqui de minas…
    Passou na frente de escola que está de greve: cuidado você pode virar professor…é uma vergonha que educadores como o governador e dona “GAIOLA” sic, gazzola, usam dessa estratégia…mas hoje fiquei sabendo que mais 12 escolas de BH, que não estavam de greve começaram ontem…A nossa greve cresce em todas as cidades do estado e o “TIRO SAIU PELA CULATRA”, vamos lá minha gente.
    “OU PAGA O PISO…OU PAGA O PISO…”

    abração Dulcinea!!!!!

  7. Vera Lúcia disse:

    É isso mesmo, Dulcinéa! Prossigamos a nossa luta! Vamos continuar esfregando na cara desses oportunistas que não respeitam a greve alheia sua falta de ética com a nossa classe e sua covardia! São “os Judas”, se vendendo por umas moedas que lhes queimarão as mãos. Quanto ao governo, que faça sua lambança para tentar descumprir sua obrigação de nos pagar o que nos deve. Desperdice o dinheiro, que até sobra, pagando pessoas possivelmente sem preparo para alcançar os objetivos que o governo diz querer alcançar. Enfim, tire o seu da linha, para que os pais se calem, mal sabendo que é tudo armação para enfraquecer o movimento.
    Abaixo esse governo manipulador!
    Em frente, colegas!
    Um abraço.

  8. César Pedroso disse:

    Oi Vera Lúcia, tudo bem eu concordo com você em relação a essas pessoas que “oportunistas e sem qualificações” aproveitam… mas o quero quero chamar atenção é para as excelências senhores deputados da base do governo, os quais todo tempo trabalham para a eleição de Aécio Neves para presidente, uma vergonha…temos que pegar pesado para mostrar a população desse estado qual é o jogo…
    Temos obrigação como educadores minar esse objetivo…
    Nossa greve cresce em todo estado, vamos até a vitória!!!
    Abração Vera!!!!

  9. Sheila disse:

    Não consigo entender porque há tantas pessoas prestando concurso público. Fazem até cursinhos. Sendo que no edital é bem claro o salário. O gorverno não importa e os maiores prejudicados são os nossos filhos. O professor com ou sem reajuste continua com seu emprego concursado que tantos desejam, pq se fosse em uma empresa privada a história seria outra. E no mais continuamos pagando impostos.

  10. César Pedroso disse:

    Prezada Sheila, concordo com você quando falas que têm muitas pessoas, até fazendo cursinho, para prestar concurso público, mas você pode ter certeza que não é para educação. Não sei se você sabe, mas falta professores o ano todo em diversas áreas da educação, principalmente na área de exatas(Química, Física…etc). Todos têm consciência do salário, mas só pra você ter uma ideia, na época do “PORCÃO” eu já vendia aulas para o Estado e meu salário, eu recebia como piso 3 salários mínimos, hoje não chega a dois, mesmo que tem uma lei FEDERAL que foi promulgada em janeiro de 2008, estipulando um piso nacional da educação muito acima. Sobre a empresa privada, as escolas particulares de minas pagam bem melhor os seus funcionários, pois muitos donos de escolas particulares mantêm “LOBS” pra que a escola pública, aqual você como cidadã consciente deveria estar defendendo agora, mas é mais fácil achar que os alunos são os mais prejudicados. Você esqueceu que temos filhos e, minhas filhas sempre estudaram em escolas públicas e também continuo pagando impostos.

    Um Abraço Sheila!

  11. Vera Lúcia disse:

    Olá, Sheila.
    O nosso problema é justamente o salário. Quando comecei a lecionar, em 2002, o salário oferecido era de 660 reais. No ano passado, antes da jogada do subsídio, eu ganhava por volta de 850 reais. Convenhamos que em 9 anos meu salário teve um acréscimo de, aproximadamente, 28%, enquanto o salário mínimo passou de 200 reais para 510 reais, representando um aumento de 255%. Temos ou não temos razão para reclamar????…..
    Um abraço.

  12. César Pedroso disse:

    Então como estava falando das escolas particulares, nem todas, mas a maioria, mantêm uma rede protetora para enfraquecer a escola pública: lei de mercado–quanto pior a escola públicaXmais alunos+lucros nós vamos obter. ENTENDEU, querida. Tá acho que nosso papel nesse contexto é continuar ensinando e dando uns toques para a população….né………

  13. Dulcinéa França disse:

    Companheiras e companheiros incansáveis em nossa luta (que certamente será vitoriosa),

    em meio a tanta arbitrariedade, a tantos desmandos desse governador pinóquio, agora à noite, em minhas reflexões, pensei que não poderia deixar de registrar um fato que muito me alegra e me mostra que ainda há pessoas que, mesmo estando na direção de escolas estaduais, jamais se esqueceram de que estão diretores e que o seu lugar, futuramente, será uma sala de aula.
    Parabenizo, aqui, os diretores das escolas estaduais de Ouro Preto (sede) que, mesmo debaixo de pressão de superintendencia,inspetoras e etc., estão ao nosso lado, lutando como lhes é possivel. Parabéns a vocês, que são a prova de que ética, dignidade, cidadania, justiça , …,são coisas que se aprende na escola e que não se deve perder de vista, ocupe o cargo que se ocupar.
    E vamos em frente pois, Anestesia, atrás vem gente e gente disposta a lutar.
    Uma boa noite e, com certeza, amanhã será outro dia!
    Aqui em Ouro Preto, teremos panfletagem, conversa com a comunidade e também com aqueles que querem tornar-se professor à custa de nossa greve. E a agitação vai de 8 às 17 horas.
    NÃO PODEMOS ESMORECER EM NOSSA LUTA. A VITÓRIA ESTÁ PRÓXIMA.
    VAMOS MOSTRAR PARA ESSE IMPERADORZINHO QUE COM EDUCAÇÃO É COISA SÉRIA E QUE COM PROFESSOR NÃO SE BRINCA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  14. César Pedroso disse:

    Não se brinca também com a Ines diretora da E.E.Júlia lopes de almeida, amiga e professora sempre….abraçãooooo!!!!!!!!!!!

  15. Dulcinéa França disse:

    Bravos companheiros e companheiras, professores mineiros,
    Eis que, num gesto de extremo desespero, o (des)governo mineiro lança o que (se Deus quiser) pode ser chamado de sua última cartada; aquela que, para eles, porá um fim à nossa luta: o subsídio, 2ª parte.
    Essa é a esperança, para eles, de saírem por cima, mostrando que não foram vencidos por uma categoria que eles subjugam, sobre a qual lança
    seus desmandos e suas arbitrariedades.
    Coitados! O que eles finjem não ver é que o nosso movimento aumenta a cada tentativa de desmoralização da classe perante a sociedade.
    O que se vê é o profesorado mineiro sentindo-se cada vez mais forte, com sua estima elevada e a convicção de que pode tudo. Nossa classe está se fortelecendo nessa greve e, creio eu, que, nunca mais, governante algum fará pouco de uma classe tão necessária para a construçao de uma sociedade justa, solidária, onde haja respeito entre todos.
    Anestesia, renda-se à luta dos professores! Pague a eles o que é direito! A sociedade já está reconhecendo onde está o erro! Todos já percebem sua intransigência! Vem que com você não há conversa! Todos vem o regime de ditadura instaurado em nosso estado.
    Nossa luta é digna e só terá seu fim quando tivermos garantido o pagamento do nosso piso!
    SE O PROFESSOR ESTÁ NA RUA, ANASTASIA, A CULPA É SUA!
    E SE O GOVERNO NOS ENROLA, NÃO VOLTAMOS PARA A ESCOLA.

    Companheiros e companheiras,
    todos juntos nesta 4ª feira em nais uma Assembleia.
    Todos juntos rumo ao nosso PISO!
    Um abraço e até 4ª!

  16. César Pedroso disse:

    O CIRCO foi montado hoje pelo governo do Estado, cuja porta vóz A Secretária “Gazolla”, oferecendo benefícios agregados ao subsídio. Será que não entenderam, que mais de 140.000 trabalhadores em educação optaram pelo PISO NACIONAL DA EDUCAÇÃO. Não vamos abrir mão dos nossos direitos adquiridos desde 1979.
    Aí professores amanhã daremos a resposta para o governo: pela continuidade da GREVE em todo Estado de MG.

    ATÉ a VITÓRIA!!!!
    …OU PAGA O PISO…OU PAGA O PISO…

  17. César Pedroso disse:

    Corrigindo não são 140.000 e sim 153.000; e não adianta anunciar pela mídia de forma espalhafatosa, querendo descaracterizar as nossas lideranças. VIVA O SINDUTE de MG, e parabéns a nossa coordenadora Beatriz Cerqueira que sempre nos representa com muita dignidade… Governo esse novo argumento eu tenho certeza vai sair pela culatra novamente!!!
    Amanhã vocês receberão a resposta da categoria!!!

  18. César Pedroso disse:

    TODOS AMANHÃ NA ASSEMBLEIA, vamos mostrar nossa indignação!!!
    …Ou Paga o Piso…Ou Paga o Piso…

  19. Dulcinéa França disse:

    Incansáveis companheiroas e companheiros, mulheres e homens de luta de nossa querida Minas Gerais.

    Ontem, dia 24/08, Belo Horizonte tremeu com a mais bela e emocionante assembléia de nossa categoria desde o início de nossa greve!
    A publicação do acórdão nos deu mais ânimo, mais “gás” e mais convicção, ainda, da legalidade de nossa luta.
    E agora, Anestesia? A você cabe apenas uma saída: PAGAR OU PAGAR o Piso ao professorado mineiro.
    E tem mais…. A revolta já não é só nossa. A sociedade começa a compreender a GRANDEZA de nossa luta e a NECESSIDADE de nossa presença para a mudança de uma sociedade marcada por desmandos de pessoas como o (des)governador de MG.
    Ao passarmos, aos milhares, pelas ruas do centro da capital mineira, víamos dos altos dos prédios, das janelas, das calçadas as manifestações de apoio de uma sociedade que, certamente, também já não aguenta ser ser massacrada por tanta arbitrariedade praticada por esse senhor.
    É preciso, agora, fortalecer o nosso movimento, que caminha. com a graça de Deus, para a VITÓRIA. É preciso trazer os nosso colegas (não companheiros) que estão em sala de aula para fortalecer a nossa luta ´e preciso, mais ainda torcer e pressionar para que o MP tome as medidas cabíveis com relação ao nosso corte de ponto (uma vez que nossa greve não é ilegal) e também com relação à contratação de substitutos que, na maioria das vezes mal estão dando aulas.
    Nossa greve está linda, de nível! È HISTÓRICA!
    Também sou funcio´nária de escola particular e, ontem, antes de ir para a assembleia dei aulas nessa escola. Ao entrar em uma determinada sala, fu surpreendida pela pergunta de uma aluna, que queria saber o que é subsídio. A turma toda se calou para ouvir minha explicação e questionaram sobre a greve. Após minhas palavras, foram unânimes em dizer que estamos cobertos de razão. Confesso que me emocionei.
    CONTINUEMOS FIRMES!!!!! NOSSA LUTA E LEGÍTIMA E ESTAMOS PRÓXIMOS DA VITÓRIA!!!!!!!

    Lembrem-se: SE O GOVERNO NOS ENROLA, NÃO VOLTAMOS PRA ESCOLA!
    SE O PROFESSOR ESTÁ NA RUA, ANASTASIA A CULA É SUA!!!

    FIRMES NO NOSSO PROPÓSITO!!!!!FORA,ANESTESIA!!! FORA,RENATA!!!!! FORA,GAZOLLA!!!!!

    UM GRANDE ABRAÇO A TODOS QUE ESTIVERAM PRESENTES EM NOSSA ASSEMBLÉIA E PASSEATA ONTEM.

    SOMOS GUERREIROS, SOMOS FORTES, SOMOS MAIS!!!!!
    NÓS FAZEMOS A DIFERENÇA EM QUESTÃO DE EDUCAÇÃO!!!!

  20. César Pedroso disse:

    Aos profissionais da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais

    Caros(as) Colegas,

    O Governo do Estado de Minas Gerais, por meio das Secretarias de Estado de Educação (SEE) e de Planejamento e Gestão (Seplag), atento à responsabilidade constitucional que lhe cabe, reafirma o compromisso inegociável com a educação pública de qualidade e com a construção de uma política efetiva de remuneração dos servidores da educação. Em vista disso, torna pública proposta visando ao aperfeiçoamento do modelo remuneratório em valor único (subsídio).

    Nesse sentido, informa que enviará à Assembleia Legislativa de Minas Gerais Projeto de Lei contendo avanços significativos no modelo remuneratório implantado em janeiro deste ano. Com a aprovação do referido Projeto, o Governo contará com um instrumento ainda mais efetivo para a consecução das políticas educacionais em nosso Estado.

    Em breve, a SEE disponibilizará orientação que irá permitir a cada servidor visualizar seu novo posicionamento na carreira da Educação, conforme documento a seguir.

    É nosso entendimento que todos os esforços devem ser envidados para assegurar, de forma contínua e transparente, a valorização do profissional da educação. Assim será possível garantir aos estudantes o direito à educação de qualidade. Esta é uma tarefa de todos, em especial, uma responsabilidade nossa, profissionais da educação pública.

    Atenciosamente,

    Ana Lúcia Gazzola – Secretária de Estado de Educação

    Ai Gente a Secretaria da educação me mandou esse texto pra analisar: Gazolla, Renata Vilhena, não interessa pra mim essa proposta, não me venhas com subsidio pois quero É PISO….ENTENDEUUUUUU!!!!
    a
    A GREVE VAI CONTINUAR!!!!

    não somos idiotas de saber que o veneno mata…ninguém vai opnar pelo subsídio…
    não sou IDIOTA, a greve vai continuar até o PISO NACIONAL DA EDUCAÇÃO….ENTENDEU Governador….
    ATÉ O PISO!!!!Professores conscientes!!!!!!!!!!

    Ir para a mensagem anterior | Ir para a próxima mensagem | Voltar para as mensagens
    | Cabeçalhos completos
    Responder Responder a todos Encaminhar Encaminhar

  21. governo de minas gerais fique sabendo que voçe vai sair no ano de dois mil e doze governo vagabundo mal onesto governo vou tira voçe de seu cargo voce abre o seu olho vai sair e vai entra outro no seu lugar por que nao paga educadores de toda rede estadual de toda minas gerais

  22. cláudia disse:

    Não me sinto confortável com essa situação de enfiar esse tal subsídio guela abaixo, é no mínimo detestavél esse modelo de remuneração, não tive um vintém de aumento. Provo a quem quiser. E essa coisa ridícula de 712 reais, no sentido mais ingênuo de nos fazer subsidiar. Tô FORA!!!!!!!!!!!!!

  23. César Pedroso disse:

    Cláudia to com você! Eu acho pior eles acharem que não sabemos fazer as operações básicas da matemática, esquecendo as lutas e conquistas que iniciaram em 1979, quando o nosso sindicato era UTE,
    então por favor educadores mineiros que não aderiram ainda o nosso movimento lhes pergunto:
    “VOCÊS TÊM MEDO DE QUÊ?????
    Vamos lá companheirada resistir até o objetivo.
    OU PAGA O PISO, OU PAGA O PISO…
    Não podemos esmorecer agora, temos que escrever mais emails, questionando muito mais a mídia mineira, não podemos desistir…diretos a luz…
    e ao nosso OBJETIVO….

  24. wendens Santos disse:

    A educação hoje esta sendo uma vergonha que governador que nos temos em ? cada vez pior e aidas tem coragem de falar que enveste na educaÇão ainda toma vergonha governadorque vexameeeee!!!!!!!

  25. juliana disse:

    Um professor aposentado com 18 anos ,10 meses e 28 dias que em julho de 2011 era PEB 1F e hoje qual seria seu posicionamento na nova lei?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s